Ligue para nós

1639455572

Segunda à Sexta

07:00 às 17:00 hr

Acidentes de trabalho: por que e como evitá-los

  • Home
  • Acidentes de trabalho: por que e como evitá-los

Acidentes de trabalho: por que e como evitá-los

Douglas Pascual 17 Jun 2020 Educativo

Atualmente a segurança do trabalhador é fundamental tanto para a empresa e também para o colaborador. Ações inesperadas acontecem e pode causar acidentes de trabalho. Mas uma garande porcentagem de acidentes podem ser evitados com a utilização de equipamentos e implementação de programas de segurança. O acidente de trabalho resulta em diversas consequências para a empresa e o trabalhador. Além disso, os familiares e amigos dos profissionais podem ser afetados se ocorrer um acidente mais grave. Confira no texto abaixo como evitar essas questões em sua empresa.

 

Acidente de Trabalho

 

Segundo a Lei n° 8.213/91, que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social, essa é a definição de Acidente de Trabalho:  

 

"Acidente de Trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho dos segurados referidos no inciso VII do art. 11 desta lei, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho".

 

Ou seja, acidente de trabalho é tudo aquilo que acontece dentro do ambiente de trabalho que cause dano à saúde do trabalhador. Esses acidentes ocorrem em todas as áreas de atuação, seja ela perigosa ou não.

 

Por que é tão necessário impedir que ele aconteça?

 

Evitar acidentes no ambiente de trabalho é fundamental para o sucesso da empresa. Porém, caso aconteça é necessário saber quais consequências esse acidente pode causar para a empresa.

 

Consequências para a instituição

 

  • Efeitos na produtividade

 

Os acidentes de trabalho tem efeitos de grandes proporções na empresa por diferentes motivos. A pessoa que sofreu o acidente precisará de acompanhamento médico e, se o acidente o acontecer dentro da empresa, afetará todos os outros trabalhadores que desempenham a mesma função.

 

Se o acidente for grave, provavelmente o acidentado vai ser afastado da empresa por um período de tempo. Nos dias seguintes a execução das tarefas deve continuar com um trabalhador a menos, isso pode acarretar em atrasos de entregas devido a ausência do funcionário.

 

 

  • Custos salariais 

 

Para manter a produtividade, a empresa deve contratar um funcionário para substituiir o acidentado ou pagar hora extra para seus próprios empregados, isso acarreta em custos. Além disso, os primeiros 15 dias de afastamento são de total responsabilidade da empresa, que precisa recolher o FGTS do trabalhador normalmente.

 

 

  • Estabilidade provisória

 

Trabalhadores que ficarem afastados por mais de 15 dias, após sua volta tem uma estabilidade provisória de no mínimo 12 meses após retornar as atividades diárias. Ou seja, durante esse tempo ele não poderá ser demitido sem justa causa pela empresa.

 

 

Como diminuir os acidentes dentro da empresa?

 

Traçar planos e estratégias para garantir a segurança do trabalhador é fundamental, a implementação de projetos como CIPA, PPRA, PCMATe Mapa de Risco, traz grandes benefícios para a empresa. Além disso, realizar palestras alertando sobre a importância do uso do EPI é de suma importância para realizar uma boa gestão de segurança. Sinalizar todos os locais de riscos com faixas de segurança é uma das principais características para efetuar a segurança do ambiente de trabalho.

 

Por fim, sempre esteja atento em todas os setores de sua empresa e verificando que a segurança do ambiente está adequada. A integridade física dos trabalhadores é fundamental para o sucesso da empresa.

  • Compartilhe:

Para maiores informações

Possuimos um departamento técnico especializado para atender as demandas personalizadas para cada situação.