Notícias

Informação sobre segurança no trabalho é grande marco do Prêmio SST

http://premiobraskemdesst.sindjornal.org.br
http://premiobraskemdesst.sindjornal.org.br

Aproximando-se da solenidade de entrega dos troféus da 2ª edição do Prêmio Braskem de Saúde e Segurança no Trabalho (SST), a Comissão Organizadora do evento acredita que  um dos principais objetivos já foi alcançado: o estímulo à produção de informação e ao debate sobre o tema, provocado pelas matérias divulgadas nos vários meios de comunicação alagoanos.

Neste ano, houve um aumento considerável no número de reportagens inscritas no Prêmio em comparação ao ano anterior. Foram 77 trabalhos elaborados por 55 jornalistas e 14 estudantes universitários, representando um aumento de 42% sobre as inscrições em 2014, quando 40 concorrentes submeteram 54 matérias.

Além do número de inscrições, também evoluiu a abordagem sobre SST nas matérias, defende Flávio Peixoto, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Alagoas (Sindjornal).

“A categoria aderiu ao Prêmio e demonstrou interesse em discutir as boas práticas no local de trabalho e em promover a informação sobre a saúde dos trabalhadores. Isso incentiva uma preocupação e interesse ao longo de todo o ano, e não só no período de inscrições”, afirma.

A procuradora chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas, Adir de Abreu, destaca o papel de impulsionador da prevenção que tais matérias apresentam ao demonstrar preocupação com um dos aspectos mais importantes da vida das pessoas: o  trabalho.

"Temos que ter em mente que as comunicações são um aliado poderoso no desenvolvimento da sociedade. Sob esse aspecto, o Prêmio Braskem de SST fomenta ideias e problemáticas na saúde e segurança nas relações de trabalho. Com esse intuito a ideia da premiação foi construída e deve ser mantida. O MPT espera que um dia o Prêmio seja ofertado a um vencedor que traga uma reportagem acerca de uma solução encontrada para relações de trabalho indignas”, afirmou Adir de Abreu.

Enquanto organizadora de mais duas premiações para jornalistas – o Prêmio Braskem de Jornalismo e o Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental – a Braskem acredita que os profissionais de imprensa são de importância central no contato com a sociedade, ao levar informações e estimular debates sobre temas de relevância.

“É preciso discutir sempre a questão da saúde e segurança em ambientes de trabalho. Chamar atenção para o tema, apresentar diretrizes, divulgar boas práticas e estimular que os trabalhadores tenham consciência e conhecimento de que existem normas e instituições que atuam para preservar esse ambiente de segurança”, apontou Milton Pradines, Gerente de Marketing e Relações Institucionais da Braskem.

Os vencedores das oito categorias e dos R$ 60 mil de premiação em dinheiro serão conhecidos no próximo dia 25 de abril, em solenidade que será realizada no Armazém Uzina. São esperadas 600 pessoas entre jornalistas, estudantes de jornalismo, empresários da comunicação, dirigentes de órgãos públicos e diversas autoridades. A data foi escolhida pela proximidade com o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, em 28 de abril.

O Prêmio Braskem de Saúde e Segurança no Trabalho é uma realização da Braskem, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Alagoas (Sindjornal), do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE-AL) e do Núcleo de Segurança e Saúde do Trabalhador (NEGUR).

Fonte: TribunaHoje, com informações da Assessoria